Insights

Guia de nomeação

Prémios SIRIUS 2017

Para um melhor entendimento dos critérios valorizados pelo Júri para atribuição dos prémios, foi constituído o Guia de nomeação onde estão definidos os critérios.

Conheça melhor os critérios para atribuição dos prémios.

Guia de nomeação

Prémio Empresa do Ano, Sector Financeiro

  • Existência de um bom Relatório de Gestão e Contas e de informação e evidências de boas práticas em matéria de Responsabilidade Social, valorização do Capital Humano, Sustentabilidade Corporativa e Ambiental e Governação Societária.
  • Relevância da actividade para o desenvolvimento da economia nacional, nomeadamente, na captação de aforro e sua canalização para o processo produtivo.
  • Inovação e qualidade dos produtos e serviços no contexto do sector, em Angola.
  • Performance económico-financeira.
  • Evidências de qualidade de organização, de gestão e das relações da empresa com os seus principais stakeholders.
  • Contribuição para a bancarização da população, para a dispersão geográfica dos serviços financeiros, para a inclusão social e para a literacia financeira.

 

Prémio Empresa do Ano, Sector Não Financeiro

  • Existência de um bom Relatório de Gestão e Contas e de informação e evidências de boas práticas em matéria de Responsabilidade Social, valorização do Capital Humano, Sustentabilidade Corporativa e Ambiental e Governação Societária.
  • Relevância da actividade para o desenvolvimento da economia nacional, nomeadamente, em matéria de criação de emprego, dispersão geográfica e sectorial, e contribuição para o equilíbrio da balança comercial do país.
  • Performance económico-financeira.
  • Inovação e qualidade dos produtos e serviços no contexto do sector, em Angola.
    Evidências de qualidade de organização, de gestão e das relações da empresa com os seus principais stakeholders.

 

Prémio Melhor Relatório de Gestão e Contas, Sector Financeiro

  • Qualidade, abrangência e actualidade da informação constante do Relatório de Gestão e Contas, em particular quanto aos temas do risco, da auditoria, do controlo interno e compliance, da responsabilidade social e das políticas de sustentabilidade corporativa e ambiental, da valorização do capital humano e das medidas prosseguidas, tendo em vista a adopção de boas práticas na governação societária (vide, Aviso nº1/2013, do Banco Nacional de Angola e Guia de Boas Práticas de Governação Societária, editado pela CMC).

 

Prémio Melhor Relatório de Gestão e Contas, Sector Não Financeiro

  • Qualidade, abrangência e actualidade da informação constante do Relatório de Gestão e Contas, em particular quanto aos temas do risco, da auditoria, do controlo interno e compliance, da responsabilidade social e das políticas de sustentabilidade corporativa e ambiental, da valorização do capital humano e das medidas prosseguidas, tendo em vista a adopção de boas práticas na governação societária (vide, Aviso nº 1/2013, do Banco Nacional de Angola e Guia de Boas Práticas de Governação Societária, editado pela CMC).

 

Prémio Gestor do Ano

  • Experiência relevante em órgãos de administração de empresas públicas e/ou privadas.
  • Envolvimento directo, enquanto gestor, em fases transformacionais de empresas, criando valor e afirmando-as como centros empresariais de excelência.
  • Percepção geral de liderança, visão estratégica, integridade, consistência de actuação, elevada reputação, notoriedade.
  • Geral aceitação junto dos pares como uma personalidade de elevada estatura enquanto cidadão e gestor.
  • Percepção de que é (ou pode ser) uma positiva referência para as gerações mais jovens e para os futuros empreendedores, gestores e líderes.
  • Sensibilidade para as questões sociais e culturais e para a relevância do conhecimento e do talento na afirmação da excelência nas organizações e na construção de uma sociedade mais moderna e empreendedora.

 

Prémio Melhor Programa de Responsabilidade Social

  • O programa ou projecto de Responsabilidade Social promove iniciativas financeiramente sustentáveis sem comprometer a sua continuidade.
  • O programa ou projecto é credível e gera valor para a comunidade e seus destinatários.
  • Existe potencial de réplica da iniciativa na comunidade a quem se dirige e por parte de outros stakeholders.
  • Gera impacte na comunidade e considera as necessidades da geografia ou grupo-alvo a quem se dirige.
  • Envolve directa ou indirectamente clientes, consumidores e colaboradores.
  • É relevante na expressão relativa dos recursos envolvidos.

 

Prémio Melhor Programa de Desenvolvimento do Capital Humano

  • Eficácia dos mecanismos de atracção, recrutamento e indução de novos colaboradores à organização.
  • Adesão dos modelos de evolução de carreiras – via progressão, promoção ou mobilidade – à estratégia e necessidades da empresa.
  • Valorização do capital humano através de programas de formação e desenvolvimento de competências.
  • Promoção da meritocracia através de mecanismos de identificação e compensação de desempenhos de excelência.
  • Promoção de um ambiente de trabalho sustentável e condutor à motivação e bem-estar dos colaboradores.

 

Prémio Empreendedor do Ano

  • Evidências de um empresário com projectos societários em fase de criação, desenvolvimento e/ou consolidação, com espírito de iniciativa, determinação e inovação.
  • Um percurso profissional demonstrativo de capacidade de assunção e gestão de riscos.
  • Um empresário com visão de médio/longo prazo, podendo ser visto como um referencial para uma nova geração de empresários e de gestores.
  • Expressão qualitativa e quantitativa das experiências empresariais já implementadas e seu contributo potencial para o desenvolvimento e diversificação da economia nacional, nomeadamente, em termos de geração de emprego e de criação de valor sustentável.

 

Prémio Melhor Investimento Directo Estrangeiro

  • Empresa ou projecto empresarial com participação de investimento estrangeiro que contenha evidências de um expressivo impacto directo na criação de emprego, que potencie a diversificação da economia angolana, assim como a transferência de conhecimento e tecnologia para a economia local.
  • O projecto vencedor deverá ter uma dimensão e magnitude com expressão, permitindo que Angola obtenha benefícios quantificáveis de médio e longo prazo.

 

Prémio Melhor Empresa Exportadora

  • A expressão do volume de negócios internacional da empresa com origem em Angola.
  • A expressão quantitativa absoluta e relativa do referido volume.
  • O valor acrescentado líquido da incorporação de matérias, componentes e mão-de-obra nacionais.
  • A contribuição para o emprego, em particular qualificado.
  • A contribuição para a retenção de conhecimento relevante e de talento, capazes de poderem vir a gerar novos projectos ou a inspirar experiências futuras de empreendedorismo.
  • O sector a que respeitam as vendas, considerando a diversificação sectorial e geográfica como sendo privilegiadas.
  • A contribuição das vendas para a criação e sustentabilidade de um cluster sectorial.
Did you find this useful?