Pesquisas

Football money league 2020

De olho no prêmio

A 23ª edição do estudo global da Deloitte apresenta os clubes com maior ganho financeiro no esporte mais popular do mundo.

Ano após ano, a Deloitte Football Money League continua como a análise independente mais confiável de desempenho financeiro dos clubes. Diversas métricas – financeiras e não financeiras – podem ser usadas para comparar clubes, incluindo atendimento, base mundial de fãs, público-alvo de transmissão e sucesso em campo. Em nosso estudo, o foco é a capacidade de gerar receita a partir dos jogos e instalações (incluindo vendas de ingressos e hospitalidade corporativa), direitos de transmissão (incluindo distribuições da participação em ligas domésticas, copas e competições de clubes da UEFA) e fontes comerciais (por exemplo, patrocínio, merchandising, visitas ao estádio e outras operações comerciais).

Em toda a indústria do futebol, a Money League é reconhecida como uma ferramenta de benchmarking essencial, usada pelos clubes para entender como eles se comparam aos seus pares; por investidores e outras partes interessadas que desejam aprender mais; e por fãs que desejam obter mais informações sobre as operações comerciais de seus clubes.

Football money league

Espanhóis no pódio

O FC Barcelona alcança o topo da Money League pela primeira vez e se torna o primeiro clube a quebrar a barreira de € 800 milhões. Pelo segundo ano consecutivo, os dois primeiros lugares são de clubes espanhóis – só que em posições invertidas. Nesta edição, o Real Madrid ocupa a segunda colocação.

O Manchester United (€ 711,5 milhões) e o Bayern de Munique (€ 660,1 milhões) permanecem na terceira e quarta posições, respectivamente. Já o Paris Saint-Germain (€ 635,9 milhões) obtém a quinta posição ao ultrapassar o Manchester City (€ 610,6 milhões), que caiu para o sexto lugar.
 

Você achou útil?