pesquisa-de-natal-deloitte

Pesquisas

Pesquisa de Natal 2017

A jornada do consumidor entre canais

A “Pesquisa de Natal 2017”, realizada pela Deloitte com 1.000 consumidores em todo o Brasil, traz as perspectivas das compras para este fim de ano e mapeia a jornada do consumidor phygital, que transita entre os diferentes canais físicos e online.

Confira alguns destaques da pesquisa:

  • Os consumidores indicaram que vão adquirir, em média, quatro presentes, com o valor médio de R$ 81,66 cada;
  • 57% dos respondentes pretendem gastar menos do que no Natal de 2016;
  • 93% dos consumidores podem navegar entre os canais online e físicos em apenas uma jornada de compra;
  • 51% das compras de Natal este ano serão realizadas pela internet;
  • 29% dos consumidores planejam aproveitar a Black Friday, que acontece em 24 de novembro, para fazer as compras de Natal.

Hábitos do consumidor brasileiro neste Natal

“Ao  transitar por entre os diferentes canais de compras, o consumidor pesquisa, avalia e considera os atributos de cada meio de acordo com a sua necessidade específica em relação àquele produto – seja preço, conveniência, disponibilidade ou variedade. Para cada etapa desse processo de compra, o consumidor brasileiro indica um canal diferente como preferência, caracterizando-se como phygital, que percorre meios físicos e digitais – daí a necessidade de o varejista investir na melhor integração possível entre esses canais.”

Reynaldo Saad, sócio-líder para a indústria de Bens de Consumo e Produtos Industriais da Deloitte Brasil

Enquete reforça tendências

 

Enquete realizada pela Deloitte entre os dias 1º e 8 de dezembrorevelou que a maior parte dos entrevistados vai deixar as compras de Natal para a última hora. Reforçando as tendências identificadas na Pesquisa de Natal, a enquete mostrou que os consumidores estão mais otimistas com as perspectivas da economia, mais conscientes sobre a importância de ter um planejamento financeiro e têm utilizado a internet como uma importante ferramenta de comparação de preços.

 

Destaques da enquete

• Entre os entrevistados que darão presentes, 63% ainda não fizeram as compras de Natal. Outros 37% realizaram compras até o dia 8 de dezembro.

• Entre os que já realizaram as compras, 64,5% utilizaram lojas online. Além disso, um a cada três brasileiros fez buscas online para tomar sua decisão de compra.

• 40,3% das pessoas acreditam que a situação financeira da família está melhor do que nesta mesma época no ano passado. Esse resultado é melhor que o apontado na Pesquisa de Natal, de outubro, quando 37% das pessoas diziam estar em situação financeira melhor que no ano anterior. Outros 24,7% acham que situação financeira está igual à do ano passado.

• A estimativa média de gastos com presentes agora é de R$ 405,20, ante a perspectiva de R$ 367 indicada na Pesquisa de Natal, em outubro.

• 58,8% declararam insatisfação com os descontos oferecidos durante a Black Friday. Apenas 10,7% disseram ter encontrado descontos melhores que os oferecidos no ano passado.

 

“Há sinais de que o brasileiro está gastando melhor, que tem pesquisado mais preços tanto pelos canais online, como com a comparação de valores feita na Black Friday. Além disso, ele está diversificando os seus canais de compra: via e-commerce, apps, redes sociais e até optando pela loja física quando for mais conveniente. Nesse cenário, o varejista precisa estar preparado para atender bem e em todas as frentes”

Reynaldo Saad, sócio-líder da Deloitte para o atendimento às empresas do setor de Bens de Consumo e Varejo

 

1 Enquete realizada com 1.000 participantes de todas as regiões do Brasil

Você achou útil?