Pesquisa

Perspectivas para a indústria bancária 2021

Fortalecendo a resiliência, acelerando a transformação

Duzentos líderes do setor bancário avaliaram os esforços necessários no combate à Covid-19, trazendo recuperação às suas empresas. Como as lições emergentes podem ser um catalisador para a transformação dos negócios?

A resposta coletiva do setor bancário à pandemia, até o momento, tem sido notável. Tornar-se virtual não foi uma tarefa fácil, muito menos quando modelos operacionais precisavam ser testados em questão de semanas. Apesar dos contratempos, muitas operações bancárias foram executadas sem problemas. Os bancos implantaram tecnologias de forma eficaz, demonstrando agilidade e resiliência sem precedentes.

Mais importante ainda, bancos desempenharam um papel crucial na estabilização da economia e na transmissão de programas governamentais de estímulo em diferentes países. Os níveis saudáveis de capital dos bancos no cenário pré-pandemia ajudaram também a mitigar os impactos negativos da crise, preparando o setor para um futuro próspero.

Para o setor bancário, as consequências econômicas da pandemia não são iguais à crise financeira global de 2008-2010, mas elas existem. Além dos impactos, a pandemia está remodelando a indústria, inaugurando um novo cenário competitivo e até mesmo acelerando a digitalização em quase todas as esferas dos mercados bancários e de capitais.

Para entender essas e outras diversas questões levantadas no estudo, leia o relatório global da Deloitte “Perspectivas para indústria bancária 2021”. 

Perspectivas da indústria bancária 2021
Você achou útil?