Pesquisas

Millennial Survey 2019

Otimismo e confiança em níveis críticos

Millennials e a geração Z expressam inquietude e pessimismo sobre suas carreiras, suas vidas em geral e o mundo ao seu redor.

A pesquisa “Millennial Survey 2019” analisa respostas de 13.416 millennials (nascidos entre janeiro de 1983 e dezembro de 1994) e cerca de 3 mil pessoas da geração Z (nascidos entre janeiro de 1995 e dezembro 2002) de 10 países, entre eles o Brasil. Apesar de um cenário econômico global favorável e de novas oportunidades, os jovens entrevistados se mostraram inquietos e pessimistas sobre o futuro. Confirmando a tendência dos últimos anos, há uma falta de confiança crescente em instituições como governo, meios de comunicação e negócios.

Algumas prioridades evoluíram – ou foram adiadas – por restrições financeiras. Os millennials demonstram valorizar experiências, privilegiando viagens e a possibilidade de causar impacto positivo na sociedade como objetivos futuros, em detrimento da aquisição de imóveis ou da criação de seus próprios negócios.

Os millennials projetam relações mais curtas, tanto como força de trabalho quanto como consumidores – 49% dos jovens entrevistados afirmam ter intenção de mudar de emprego nos próximos dois anos. Um ano atrás, esse número era de 37%.

O levantamento indica também que a relação com as mídias sociais ainda é ambígua e há uma preocupação crescente sobre a privacidade dos dados. Mais da metade dos entrevistados acredita que é preciso haver um esforço maior para proteger informações pessoais e reforçar a segurança online.

Você achou útil?