Article

Analytics na auditoria interna

Direcionamento inteligente rumo a 2020

Ao obter o melhor da quantidade e da qualidade dos profissionais disponíveis – da própria empresa e de fontes externas – a auditoria interna pode gerar mais valor, oferecer novas soluções e ideias, proporcionar maior segurança e modernizar as suas regras tradicionais.

“A análise de dados é essencial!” é um entendimento que emergiu frente ao crescimento dos dados massificados, onde noções tradicionais sobre teses não são suficientes para garantir a segurança.

Com novos riscos e oportunidades de todos os tipos, tomar a decisão certa no tempo certo nunca foi tão importante. Por meio de uma análise sistemática de todas as fases do processo, a auditoria interna pode auxiliar na condução dos negócios em um mundo que se tornou vasto, incerto e complexo. A incorporação de analytics na auditoria é chamada de “direcionamento inteligente à auditoria”.

 

Visão analítica para auditoria interna

Existem diversas opções que devem ser consideradas quando se está desenvolvendo habilidades analíticas e fornecendo auditorias com base em analytics: Como e onde depositar habilidades e soluções? Qual é a tecnologia adequada para implantar e onde? Quem é o profissional ideal para direcionar os esforços? E como isso afeta os processos de auditoria interna e a comunicação do resultados? Essas decisões não impactarão apenas como se audita, mas o que e onde se audita.

A auditoria interna irá reportar decisões sobre tecnologia e talentos, assim como irá interagir com o negócio. O entendimento do que é o principal para a missão e os objetivos da auditoria interna, bem como das expectativas dos públicos de interesse, é essencial para guiar essas decisões. Fundamentalmente, o analytics trata da entrega de percepções de negócios para melhorar a forma como auditamos.

 

Abordagem multidisciplinar e direcionada à inteligência

O analytics é mais efetivo quando entregue de maneira integrada. Isso significa que os profissionais-chave da auditoria interna estão trabalhando juntos com profissionais de ciência dos dados e analytics e acionando especialistas no assunto conforme necessário (veja mais no artigo completo). Por meio do co-desenvolvimento do escopo, objetivos de riscos e abordagem para auditoria interna, e participando juntamente em walk-throughs, auditores internos aumentam significantemente a eficácia do analytics. Adicionalmente, um entendimento compartilhado do processo e dos resultados contribuem para uma auditoria de maior impacto sobre o negócio.

O sucesso de qualquer direcionamento de auditoria interna com base em analytics está ligado aos riscos empresariais e aos resultados demonstrados que podem transformar a organização, particularmente quando eles se traduzem em benefícios financeiros. Quando estiver procurando por ideias e soluções proveniente dos dados, é importante fazer o questionamento correto e sempre desafiar a si mesmo frente a qualquer insight produzido. Relacionar as perguntas a hipóteses-chave de testes – ou “o que poderia dar errado?” – pode ajudar a direcionar a abordagem de analytics. O desenvolvimento de hipóteses precisa ocorrer antes do escopo de auditoria para entregar o melhor resultado possível. Análises rápidas para a auditoria interna (por exemplo, durante trabalhos de campo) direcionam incrementos em vez de benefícios transformacionais.

Você achou útil?