Deloitte-adoção-inteligência-artificial-negócios

Pesquisas

A promessa da inteligência artificial

Perspectivas sobre a adoção da tecnologia nos negócios ​​em todo o mundo

Como o potencial e os riscos das tecnologias da IA são vistos pelas organizações que as adotam e pelos governos? Pesquisas recentes da Deloitte mostram que executivos de todo o mundo enfrentam uma ampla gama de desafios.

Em um mundo em que velocidade, agilidade e capacidade de identificar oportunidades podem separar líderes dos retardatários, ficar para trás não é uma opção. Se, por um lado, alguns pesquisadores preveem que a inteligência artificial (IA) ajudará a estimular enormes ganhos de produtividade na próxima década, tornando-a essencial para a competitividade das economias nacionais, outros acreditam até que ela está pronta para se tornar uma "tecnologia de uso geral" – uma das poucas dezenas de invenções na história da humanidade (incluindo máquinas a vapor e internet) com efeitos difundidos em todos os setores e capacidade para desencadear inovações complementares, afetar economias e realmente mudar sociedades. Ao mesmo tempo em que os gigantes da tecnologia com alcance global estão usando inovações de IA para reduzir custos, aumentar a produtividade e alimentar novos produtos e serviços, startups ágeis e focadas em IA representam uma ameaça competitiva para as empresas tradicionais.

Pesquisas recentes das firmas-membro globais da Deloitte em todo o mundo descritas no relatório "Como capitalizar a promessa da inteligência artificial" analisam a IA sob várias perspectivas. Como a adoção da IA ​​se desenvolve em todo o mundo e como empresas e governos percebem seu potencial – e seus riscos? Que tipos de benefícios comerciais os adotantes identificam? Eles estão usando a IA apenas para acompanhar a concorrência ou realmente avançar?

Como capitalizar a promessa da inteligência artificial

Perspectivas globais sobre inteligência artificial

Tendo em vista o potencial da IA ​​para impulsionar a expansão econômica e alterar a natureza do trabalho, não surpreende que muitas nações se envolvam em um novo tipo de “corrida espacial”. Até o momento, 26 países publicaram estratégias ou estruturas nacionais de IA para promover o crescimento, e muitos estão investindo, estabelecendo programas, patrocinando pesquisas e estabelecendo parcerias. Muitos governos também têm avaliado como podem garantir privacidade, segurança, transparência, responsabilidade e controle de sistemas habilitados para IA sem sufocar a inovação e os possíveis benefícios econômicos.

No entanto, a comparação entre países revela diferenças notáveis ​​nos níveis de maturidade e urgência da IA. Embora muitas nações considerem a IA crucial para sua competitividade futura, essas comparações indicam que alguns países estão adotando a IA agressivamente, enquanto outros estão procedendo com considerável cautela – e podem correr o risco de ficar para trás.

Você achou útil?