Comunicados de Imprensa

Vencedores da 29ª edição do Investor Relations & Governance Awards

Com interesse

Já são conhecidos os vencedores da 29ª edição do Investor Relations & Governance Awards (IRG Awards) da Deloitte, que decorreu a noite passada no Convento do Beato, sob o tema “Um universo em evolução”, e que premiou o que de melhor se fez no mercado financeiro e empresarial português durante 2015. Foram ainda atribuídos nesta Gala o Prémio Investimento Estrangeiro e o Prémio Especial Inovação e Investimento.

Para o seu apuramento foi auscultado um vasto colégio eleitoral, composto por representantes de entidades que atuam no mercado financeiro e empresarial, e homologados por um corpo de jurados liderado por Manuel Alves Monteiro. Fizeram ainda parte do Júri desta edição Alberto de Castro, António Gomes Mota, António Saraiva, Esmeralda Dourado, João Duque, Jorge Coelho, Luís Amado, Patrícia Teixeira Lopes e Rui Rio.

Luís Magalhães, Managing Partner da Deloitte, destacou no seu discurso que “é preciso informar com objetividade, separando o que é relevante do que é acessório para não confundir os investidores. É necessário garantir que a informação transmitida é verdadeira, e é ainda obrigatório cumprir com uma variedade de disposições legais e regulatórias.”

Sublinhou contudo que “comunicar para o mercado tem vindo a tornar-se cada vez mais complexo porque, dada a exiguidade do capital disponível no país, muitas das nossas empresas são obrigadas a empenharem-se na captação de investidores estrangeiros, muito mais exigentes porque desconfiados do nosso mercado, e com muitas outras opções disponíveis para investirem com as quais concorremos diretamente.”

Segundo Manuel Alves Monteiro, presidente do Júri, “o governo das empresas terá de ser vivido de outra forma, seja pelos acionistas de referência, seja pelos gestores, supervisores, auditores, reguladores, analistas e demais atores que interagem no mercado. Em tempos exigentes e de fortes mudanças, a existência de um quadro de referência é essencial para que todos percebamos para onde devemos ir. O exemplo dos melhores pode ser inspirador, nomeadamente para as gerações futuras.”

Estes são os vencedores dos IRG Awards 2016:

Melhor CEO em Investor Relations:

Francisco de Lacerda dos CTT – Correios de Portugal, S.A.

Entre os nomeados para este prémio, que distingue quem obteve um desempenho de excelência ao longo do ano de 2015, marcado pela visão estratégica em Investor Relations, encontrava-se também António Mexia da EDP - Energias de Portugal, S.A., Carlos Gomes da Silva da GALP Energia, S.A., S.A., João Manso Neto da EDP Renováveis, S.A. e Nuno Amado do Banco Comercial Português, S.A.

Melhor CFO em Investor Relations:

André Gorjão Costa dos CTT – Correios de Portugal, S.A.

Na shortlist desta categoria, que reconhece quem demonstrou o melhor desempenho e contribuiu para a qualidade da informação financeira em 2015, estiveram também José Pedro Pereira da Costa da NOS, SGPS, S.A., Miguel Bragança do Banco Comercial Português, S.A. e Nuno Alves da EDP – Energias de Portugal, S.A.

Melhor Investor Relations Officer:

Cristina Rios Amorim da Corticeira Amorim, SGPS, S.A.

Entre os nomeados para este prémio, que destaca quem demonstrou um desempenho de excelência nas relações com o mercado em 2015, constavam Ana Fernandes da REN - Redes Energéticas Nacionais, SGPS, S.A. e Cláudia Falcão da Jerónimo Martins, SGPS, S.A..

Golden Company:

TMG – Tecidos Plastificados e Outros Resvestim. para a Indúst. Automóvel, S.A.

Um prémio que visa distinguir a empresa que, não estando cotada, prima pelos valores de transparência e qualidade de gestão e de governance, e que se evidencia pela dimensão, performance, internacionalização e potencial de futuro. Do grupo de nomeados faziam ainda parte a BA Vidro, S.A., Flex 2000 – Produtos Flexíveis, S.A., Hovione Farmaciência, S.A. e Novadelta – Comércio e Indústria de Cafés, S.A..

Investimento Estrangeiro:

Embraer S.A.

O Júri deliberou por unanimidade atribuir este prémio à Embraer, empresa que está presente em Portugal desde 2008, na sequência da decisão de construir duas unidades industriais em Évora com um investimento total que já ultrapassou os 110 milhões de euros e 300 novas contratações.

Prémio Especial Inovação e Investimento:

Este ano, entendeu o Júri que deve ser dada especial visibilidade ao papel que terá no futuro o esforço que vem sendo levado a cabo por profissionais, forças políticas e agentes económicos, tendo em vista a criação de uma cultura de inovação, empreendedorismo e criação de valor.

Este Prémio dirige-se a uma vasta lista de organizações públicas e privadas, profissionais, investigadores, investidores, empreendedores, responsáveis pelo desenho e implementação de políticas que, todos, ao longo dos últimos anos, e seguramente no futuro, querem mudar o país e a forma de criar riqueza, ser competitivo e afirmar Portugal numa sociedade Global.

Recebeu o prémio, em representação destas organizações, João Vasconcelos, Secretário de Estado da Indústria.

O Prémio Investimento Estrangeiro e o Prémio Especial são atribuídos diretamente pelo júri, com base na análise da informação disponibilizada pelo mercado, não havendo nomeações prévias.

Melhor Relatório & Contas do Setor Financeiro:

Banco Comercial Português, S.A.

Prémio que reconhece a excelência desta organização, do setor financeiro, na qualidade da informação prestada ao mercado.

Melhor Relatório & Contas do Setor Não Financeiro:

EDP Renováveis, S.A.

Atribuído à organização que se destaca igualmente pela excelência na qualidade da informação prestada ao mercado, mas do sector não financeiro.

Melhor Relatório & Contas do Setor Não Financeiro – Menção honrosa:

REN - Redes Energéticas Nacionais, SGPS, S.A.

Esta distinção pretende evidenciar uma evolução qualitativa muito assinalável que esta peça informativa tem registado.

O prémio Lifetime Achievement em Mercados Financeiros, que resulta da deliberação direta do júri, foi atribuído a Vasco de Mello, personalidade que evidencia uma carreia exemplar, de sucesso, dedicada à promoção da excelência.

Mais informações em www.irgawards.com.

Para mais informações contacte:

Departamento de Comunicação da Deloitte

Miguel Jerónimo 

mijeronimo@deloitte.pt

Tel: 210 423 064

Filipa Matos

mamatos@deloitte.pt

Tel: 210 423 038

 

Sobre a Deloitte

“Deloitte” refere-se a Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada de responsabilidade limitada do Reino Unido (DTTL), ou a uma ou mais entidades da sua rede de firmas membro e respetivas entidades relacionadas. A DTTL e cada uma das firmas membro da sua rede são entidades legais separadas e independentes. A DTTL (também referida como "Deloitte Global") não presta serviços a clientes. Para aceder à descrição detalhada da estrutura legal da DTTL e suas firmas membro consulte www.deloitte.com/pt/about

A Deloitte presta serviços de auditoria, consultoria fiscal, consultoria de negócios e de gestão, financial advisory,  gestão de risco e serviços relacionados a clientes nos mais diversos sectores de atividade. Com uma rede globalmente ligada de firmas membro em mais de 150 países e territórios, a Deloitte combina competências de elevado nível com oferta de serviços qualificados conferindo aos clientes o conhecimento que lhes permite abordar os desafios mais complexos dos seus negócios. Os mais de 225.000 profissionais da Deloitte assumem o compromisso de criar um impacte relevante na sociedade.

A informação contida neste comunicado de imprensa está correta no momento do envio à comunicação social.

Imagens cedidas pelo ESO.

Did you find this useful?