Insights

Estudo de Natal 2015

Um otimismo contido

Natal 2015 – Um otimismo contido

A assinalar a chegada do Natal, é com muita satisfação que a Deloitte partilha a 18ª edição do Estudo de Natal no qual se encontram as principais tendências e intenções de consumo de um painel nacional e internacional que conta com a participação de 14 países.

Este ano, as principais conclusões, para Portugal, revelam um otimismo contido e uma tendência de melhoria na Europa, onde aumenta a confiança na economia face a 2014:

  • Os portugueses afirmam que irão gastar, em média, 315 euros por lar neste Natal, distribuídos por presentes (143€), alimentação e bebidas (118€) e eventos sociais (54€);
  • Começam a inverter-se na Europa as expetativas futuras de evolução negativa do poder de compra. Em Portugal, o saldo líquido entre respostas positivas e negativas melhora significativamente para os 5% positivos por contraposição aos -3% registados no ano de 2014 ou aos -44%, verificados no ano de 2013;
  • Em Portugal, acentua-se de forma significativa a relevância do mobile no processo de compra dos consumidores. Atualmente, 35% dos portugueses afirma já ter utilizado um smartphone num processo de compra e 61% afirma que irá utilizar no futuro, sendo o maior registo na Europa, muito acima da média europeia de 47%.

A presente edição do Estudo de Natal 2015 abrange 13 países europeus e África do Sul, tendo sido inquiridos um total de 14.065 consumidores sobre as suas intenções e planos de gastos em presentes, alimentação e lazer. Em Portugal o trabalho de campo foi realizado entre os dias 28 de setembro e 5 de outubro. 

Aceda ao Comunicado de Imprensa do Estudo de Natal 2015

 

Infografia – Natal 2015

Did you find this useful?