Perspectivas

Global Powers of Luxury Goods 2018

Shaping the future of the luxury industry  

O mercado de luxo recuperou da incerteza económica e da crise geopolítica de 2017 e as perspetivas para 2018 parecem ser positivas. A quinta edição do estudo anual Global Powers of Luxury Goods analisa e enumera as 100 maiores empresas de bens de luxo a nível mundial, com base nos dados disponíveis publicamente relativos às vendas consolidadas de bens de luxo no ano fiscal de 2016, correspondente ao último exercício encerrado até junho de 2017.

Apresenta ainda as tendências chave que marcam o mercado de luxo e fornece uma perspetiva económica global. A indústria de bens de luxo passou por grandes mudanças nas últimas duas décadas. A variação das tendências económicas, a rápida transformação digital e a análise das preferências dos consumidores estão a criar um novo setor competitivo que desafia as estratégias corporativas tradicionais.

Principais conclusões:

  • As 100 maiores empresas de bens de luxo do mundo geraram vendas agregadas de 217 mil milhões de dólares no ano fiscal de 2016
  • Itália tem o maior número de empresas no ranking, enquanto França apresenta um maior peso ao nível das vendas
  • China, França, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça, Reino Unido e EUA representaram, em conjunto, 83% do Top 100 das empresas de artigos de luxo e 90% do Top 100 de vendas
  • Quase um terço das 100 maiores empresas cresceram mais neste ano fiscal do que no ano anterior
  • O segmento de cosméticos e fragrâncias foi o que apresentou o maior crescimento (7,6%). 
Achou esta informação útil?