global powers of retailing 2018

Perspectivas

Global Powers of Retailing 2018

Transformative change, reinvigorated commerce

Com interesse

Pelo 21º ano consecutivo, o estudo Global Powers of Retailing identifica os 250 maiores retalhistas do mundo e analisa o desempenho obtido pelo setor, ao nível de receita e crescimento, nas várias geografias, segmentos de atividade e formatos de loja.

Este ano, sob o tema “Transformative change, reinvigorated commerce”, o estudo analisa também a forma como as vantagens competitivas neste setor estão a ser redefinidas num ambiente de acelerada mudança. A inovação, colaboração, integração e automação serão condições essenciais para renovar o comércio ao influenciarem profundamente o modo como os retalhistas operam atualmente e irão operar no futuro.

 

Principais conclusões:

  • As receitas das 250 maiores empresas de retalho do mundo atingiram os 4,4 biliões (1012) de dólares no ano fiscal de 2016, um crescimento de 4,1% face ao ano anterior.
  • O top 10 é dominado pelos retalhistas norte-americanos, com sete empresas no ranking global.
  • A Wal-Mart, Costco Wholesale, The Kroger, Schwarz Group e Walgreens Boots Alliance mantêm a liderança. A Amazon.com sobe quatro posições para o 6º lugar e a Tesco é substituída pela CVS Health (em 10º).
  • A Jerónimo Martins e Sonae registam uma evolução significativa, subindo ambas 8 posições.
  •  A Jerónimo Martins é hoje o 56º maior retalhista a nível mundial, a sua melhor posição de sempre, fruto de um crescimento de cerca de 6,5% no seu volume de negócios. A Sonae ascendeu ao 167º lugar, tendo os proveitos gerados pelo negócio de retalho ultrapassado, pela primeira vez, a fasquia dos 5 mil milhões de euros.
Did you find this useful?