Notícias

Conferência Internacional de Real Estate

Deloitte junta líderes de Real Estate e Construção

Com interesse

Terminou no passado dia 19 de Setembro, a Conferência Internacional de Real Estate e Construção que reuniu durante dois dias cerca de 120 responsáveis da Deloitte EMEA (Europe, Middle East and Africa) da área de Real Estate e Construction da Deloitte, no hotel Sheraton, em Lisboa.

Este encontro trouxe à discussão, entre os participantes, as novas tendências e a partilha de experiências e insights contribuindo para uma visão colaborativa desta prática.


A retoma da Europa

Para Jean-Paul Loozen, líder de EMEA Real Estate & Construction Industry da Deloitte, “o volume de investimento imobiliário revela fortes tendências de crescimento. De acordo com as últimas projeções, prevê-se, para 2014, um crescimento global de 25% (Américas), 15% (EMEA) e 10% (Ásia-Pacífico), resultando num volume global esperado de 700 mil milhões de dólares”.

Como principais mercados destacam-se o Reino Unido, a Alemanha e a França onde se observou um crescimento global de 25% no 2.º semestre de 2013.


Porquê investir em Portugal

Competitividade, comunicações, um quadro legal e fiscal favorável, o aumento do investimento e o investimento estrangeiro, a recuperação económica e qualidade da construção foram alguns dos argumentos apresentados pelo sócio anfitrião da iniciativa Jorge Marrão. “Portugal subiu recentemente 15 lugares no ranking mundial de competitividade 2014-2015, atingindo a 36ª posição em resultado de várias reformas implementadas nos últimos anos” referiu.

Sobre o investimento, apenas no primeiro quadrimestre país assistiu à chegada de novos investidores, estimando-se 79% em retail e 21% em escritórios. Este investimento foi quase totalmente assegurado por e investidores estrangeiros de todo o mundo.

Segundo Jorge Marrão, “a atracção de investimento e a promoção do país, concorrem e devem estar alinhadas para o mesmo objectivo” e as principais ideias partilhadas sobre Portugal apontam:

  • Portugal é inexoravelmente um local para investir num futuro próximo: o impacto da recuperação económica (no sector de Real Estate) e a reorientação das empresas construtoras para explorar mercados externos são uma oportunidade para atrair fontes de capital não tradicionais;
  • Os investidores têm ainda um desafio de afastar os obstáculos: através acordos com grandes instituições financeiras (bancos) e empresas locais, beneficiando do processo necessário de redução de dívida privada;
  • Os investidores podem em Portugal capitalizar nas  de novas tendências de consumo no turismo de  e turismo de lazer;
  • E a exploração da nova base de shareholders da economia portuguesa - capital chinês, francês, americano, brasileiro e angolano, entre outros;

Para além da visão sobre o país, no painel internacional constaram ainda apresentações sobre mercados emergentes e o state of the art na Europa e no resto do mundo. Houve ainda espaço para a apresentação de ferramentas de Analytics ligadas à indústria de Real Estate e Construção.

 

Sobre a Deloitte

Deloitte refere-se a uma ou mais firmas da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada de responsabilidade limitada do Reino Unido (“DTTL”), sua rede de firmas membro e entidades relacionadas. A DTTL e cada uma das suas firmas membro são entidades juridicamente separadas e independentes. A DTTL (também referida como “Deloitte Global”) não presta serviços a clientes. Para uma descrição mais detalhada da DTTL e suas firmas membro consulte www.deloitte.com/about.

A Deloitte presta serviços de auditoria, consultoria fiscal, consultoria de negócios e de gestão e corporate finance a clientes nos mais diversos sectores de actividade. Com uma rede globalmente ligada de firmas membro em mais de 150 países e territórios, a Deloitte combina competências de elevado nível com oferta de serviços qualificados conferindo aos clientes o conhecimento que lhes permite abordar os desafios mais complexos dos seus negócios. Os mais de 200.000 profissionais da Deloitte empenham-se continuamente para serem o padrão de excelência.

 

 

Informações adicionais:

ptdeloittepress@deloitte.pt

 

Did you find this useful?