Insights

Salários do Estado

20.10.2016 | RTP

Ao fim de quase 6 anos de cortes salariais, os trabalhadores do setor público começam este mês a receber os salários por inteiro. Os valores foram restituídos a cada 3 meses ao longo do ano. Este mês, o salário bruto volta a ser igual ao que era em 2010. Mas o dinheiro que cada trabalhador leva efetivamente para casa é bastante inferior ao que era há 6 anos. Para a maioria dos trabalhadores do setor público há uma quebra de cerca de 11% no salário líquido em relação ao que recebia em 2010. Veja-se o caso de um trabalhador com um salário bruto de 1500 euros, que era o valor a partir do qual se aplicaram os cortes no setor público. A partir deste mês, já sem estes cortes, esse trabalhador irá receber menos 117 euros do que recebia em 2010, uma diminuição que resulta sobretudo do agravamento do IRS e da subida dos descontos para a ADSE - o subsistema de saúde do Estado. Portanto, recebe-se por um lado mas perde-se por outro. 

Fonte: RTP

Did you find this useful?