From pipelines to clouds

Artigo

From pipelines to clouds

White Paper

Com interesse

Para responder às necessidades digitais dos consumidores, uma futura Telco Cloud irá exigir uma arquitetura e infraestrutura de rede e de sistemas diferentes da atual, que irão permitir oferecer serviços de valor acrescentado de forma mais inteligente, rápida e segura. Por outro lado, existem múltiplos desafios a enfrentar uma vez que grande parte destas tecnologias não estão ainda maturas o suficientes para serem utilizadas e existem atualizações de regulação que impedem as empresas de telecomunicação de tirar total partido do seu potencial.

 

Para guiar as empresas na implementação das tecnologias exponenciais que constituem a sua jornada de transformação digital, a Deloitte elaborou um white paper, “From Pipelines to Clouds”, para a Etisalat em colaboração com a Huawei.

Sobre a Deloitte

“Deloitte” refere-se a Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada de responsabilidade limitada do Reino Unido (DTTL), ou a uma ou mais entidades da sua rede de firmas membro e respetivas entidades relacionadas. A DTTL e cada uma das firmas membro da sua rede são entidades legais separadas e independentes. A DTTL (também referida como "Deloitte Global") não presta serviços a clientes. Para aceder à descrição detalhada da estrutura legal da DTTL e suas firmas membro consulte www.deloitte.com/pt/about

A Deloitte presta serviços de auditoria, consultoria fiscal, consultoria de negócios e de gestão, financial advisory, gestão de risco e serviços relacionados a clientes nos mais diversos setores de atividade. Com uma rede globalmente ligada de firmas membro em mais de 150 países e territórios, a Deloitte combina competências de elevado nível com oferta de serviços qualificados conferindo aos clientes o conhecimento que lhes permite abordar os desafios mais complexos dos seus negócios. Os mais de 225.000 profissionais da Deloitte assumem o compromisso de criar um impacte relevante na sociedade.

A informação contida neste comunicado de imprensa está correta no momento do envio à comunicação social.

Achou esta informação útil?