Deloitte

Plano de recuperação da crise da Covid-19

Conheça nossas recomendações e iniciativas práticas para a retomada dos negócios em seis frentes prioritárias

Organizações de todos os portes e setores foram profundamente impactadas pela pandemia do novo coronavírus, no Brasil e no mundo. Trata-se de uma crise sem precedentes e sem fronteiras – em seis meses, a Covid-19 se alastrou para quase 190 países, infectando milhões de pessoas. A extensão dos reflexos humanitários, sociais, econômicos e culturais permanece imprevisível. A pandemia trouxe disrupturas imediatas para empresas globais e locais que operam no Brasil. 

A seguir, você encontra uma série de recomendações e iniciativas práticas da Deloitte para apoiar sua organização na fase de recuperação da crise.

Plano de Recuperação da crise

A Deloitte considera três grandes períodos para identificar os impactos da crise e o nível de maturidade de gestão das empresas. O primeiro passo consistiu em encontrar respostas urgentes para a crise. No Brasil, criamos o chamado “Plano de 100 Dias” para apoiar as empresas que atuam no País nas respostas imediatas à crise e na continuidade dos negócios. Acesse as nossas recomendações de “Respostas à Crise”.

Após a primeira fase, tenha foco nas áreas críticas e ações necessárias

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Elabore (ou adeque) um plano de retorno/reabertura dos negócios, com foco na saúde e segurança dos seus funcionários e clientes;
  • Trabalhe com a criação de cenários pós-crise;
  • Revise as estruturas de governança e gestão de crises à luz da nova realidade, considerando os diferentes cenários de negócios possíveis;
  • Reavalie quais comitês de crise devem permanecer atuantes nessa nova etapa e com qual frequência devem se reunir;
  • Avalie a capacidade do seu compliance regulatório em atender ao momento atual, incluindo o monitoramento dos protocolos de retomada;
  • Considere se o mapeamento dos riscos e os controles internos estão adequados ao novo cenário;
  • Adeque os fluxos de informações e comunicações, ponderando sobre quais indicadores de risco e quais KPIs devem ser priorizados.

Iniciativas práticas

Plano de retorno/reabertura dos negócios

Estruturação e implementação de um plano de retorno dos funcionários ao ambiente de trabalho, bem como em todo o processo de retomada dos negócios, seguindo os protocolos de segurança e distanciamento social.

Planejamento e avaliação de cenários pós-crise

Construção e análise de hipóteses sobre o panorama de negócios pós-crise para apoiar nas discussões de planejamento estratégico.

Compliance regulatório

Desenvolvimento e aplicação de programas de compliance que preservem o valor organizacional, com monitoramento de protocolos e cumprimento de regras de reinício das atividades.

Iniciativas de inovação no pós-crise

Identificação de oportunidades de inovação para posicionar sua organização e alavancar os negócios no novo cenário.

Governança e gestão de crises

Seleção dos indicadores prioritários para monitorar e responder a situações de crise, criando dashboards com as informações mais relevantes às tomadas de decisão.

Gestão de riscos e controles internos

Avaliação e mapeamento dos riscos e da estrutura de controles internos para proteger a organização e atender às necessidades do contexto atual.

Auditoria interna no contexto da crise

Aprimoramento e fortalecimento das funções de auditoria interna para atender às particularidades do cenário atual, por meio de uma solução abrangente, que combina outsourcing, co-sourcing e data analytics.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Artigo | O papel do comitê de crise na construção de uma resiliência duradoura

O comitê de crise apoia a organização a reconstruir, restabelecer e recuperar seus negócios – indo além da simples sobrevivência e da retomada das operações. O comitê de crise pode ser um catalizador importante para mudanças fundamentais na empresa, que estruturam sua habilidade de responder a crises futuras a longo prazo.

Artigo | Liderança resiliente: Recuperação dos negócios da crise de Covid-19

O artigo global da Deloitte analisa como líderes resilientes transformam a mentalidade organizacional, navegam em meio a incertezas e investem para construir confiança e desenvolver um plano de recuperação que sirva como uma base sólida para o future pós-Covid.

Artigo | Covid-19: Confrontando incertezas durante e após a crise

Nenhum país, empresa, líder de negócio ou professional ficará imune aos impactos da pandemia. Nenhuma estratégia sobreviverá intacta, sem adaptações. A criação e a avaliação de cenários podem fortalecer a confiança e a convicção dos executivos para conduzir suas organizações durante esse período tão singular.

Artigo | Crimes financeiros e a pandemia de Covid-19

A crise causada pela pandemia trouxe alterações sem precedentes no ambiente de negócios, incluindo novas variáveis no que diz respeito aos crimes financeiros. As organizações precisam fortalecer suas capacidades de identificar, mitigar e responder às mudanças e atividades suspeitas por meio de programas de prevenção e compliance.

Artigo | A empresa familiar resiliente

A pandemia causada pela Covid-19 traz um novo foco para os negócios familiares, além de oportunidades autênticas de resiliência, crescimento e recuperação que podem surgir para que as organizações continuem prosperando no pós-crise.

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Planeje quando e como promover o retorno dos profissionais ao ambiente de trabalho, com atenção aos novos protocolos de segurança, saúde e distanciamento social;
  • Considere quais atividades podem ser mantidas em trabalho remoto;
  • Estude se alguma função deve ser terceirizada, de forma parcial ou completa;
  • Ajuste a estrutura organizacional para o tamanho da sua empresa no pós-crise;
  • Adeque os treinamentos e a capacitação para o formato digital;
  • Avalie os critérios de bônus e remuneração, para manter competitividade e sustentabilidade;
  • Continue a desenvolver ações integradas de assistência médica a todos os seus funcionários;
  • Mantenha mecanismos para orientar, monitorar 24/7 e assistir quem necessita, entre seus funcionários (casos confirmados e suspeitos de Covid-19, assim como outros problemas de saúde);
  • Reveja regras para quarentena;
  • Reveja e atualize as políticas de licenças, viagens, mobilidade local e global;
  • Comunique tempestivamente e seja transparente.

Iniciativas práticas

Gestão do retorno ao local de trabalho

Avaliação da retomada das atividades presenciais, para garantir que o retorno ocorra de maneira eficaz, eficiente e, principalmente, segura.

Adoção de modelos flexíveis de trabalho

Foco no core business, com serviços de terceirização em todas as atividades de suporte, da contabilidade à administração financeira e de pessoal.

Adequação de critérios de avaliação, remuneração, bônus e promoção

Manutenção de estruturas de remuneração competitivas e sustentáveis em um período de redução na atividade econômica.

Adoção de modelo de gestão e aprendizados da crise

Alinhamento da estrutura organizacional, talentos, liderança e cultura à nova realidade dos negócios, de forma sustentável.

Estratégia de treinamento para os novos modelos de trabalho

Transição de programas de treinamento para o modelo digital, garantindo a capacitação das equipes dentro dos novos modelos de trabalho.

Eficiência nos processos de RH

Adoção de serviços de folha de pagamento, impulsionados por tecnologia, que ajudam a melhorar a eficiência e consistência dessas tarefas, em linha com sua política corporativa.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Artigo | Covid-19: Retorno ao local de trabalho

O retorno ao local trabalho deve ser bem planejado e organizado pelos líderes de negócios – para preservar o bem-estar e a segurança dos profissionais – priorizando as atividades que precisam, de fato, ser retomadas fisicamente.

Artigo | Estratégias de Capital Humano para a recuperação pós-Covid-19

Após um período inicial de respostas imediatas à crise, as organizações começam a focar os próximos desafios da força de trabalho. A empresa social, seu propósito e seu potencial têm um papel importante na recuperação dos negócios.

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Considere um planejamento cuidadoso das finanças, que leve em conta as variáveis sobre o momento e a velocidade da recuperação;
  • Avalie e transforme sua estrutura de custos de maneira estratégica, procurando balancear as ações de redução e manutenção para evitar disrupturas;
  • Identifique e implemente alavancas de custos e aumento de rentabilidade;
  • Revise os benefícios fiscais frente às novas regulamentações divulgadas durante a crise;
  • Entenda quais são as obrigações tributárias no novo cenário;
  • Analise novas formas de renegociação de dívidas, utilizando fontes diversas de financiamento – como estruturação de garantias, contratos e covenants;
  • Repense o fluxo de caixa, identificando quais parceiros de negócios podem apoiar nessa fase;
  • Otimize o capital de giro, considerando as novas necessidades dos negócios;
  • Prepare-se para a melhora do mercado, estudando se este é o momento para realizar uma IPO;
  • Identifique oportunidades inéditas de fusões e aquisições;
  • Adeque informações contábeis e demonstrações financeiras aos impactos de hoje.

Iniciativas práticas

Transformação estratégica de custos

Promoção de uma mudança estrutural em toda a empresa, gerando economias sustentáveis e melhorias de margem.

Reestruturação financeira

Revisão do seu perfil de endividamento por meio da análise de estruturação de garantias, contratos e covenants, propiciando alívio ao fluxo de caixa.

Simulação de cenários e impactos financeiros

Avaliação dos impactos econômicos e financeiros da crise, tais como capacidade de geração de receita, market share, necessidade de investimentos, estrutura de custos e alavancagem financeira.

Otimização do capital de giro

Otimização da utilização do capital de giro da sua organização, visando à obtenção de economias relevantes por meio de uma gestão consistente e integrada.

Captação de recursos

Estruturação de empréstimos de acordo com as características de cada empresa, a partir da preparação para a abertura de capital ou venda, a fim de elevar sua atratividade e valor.

Fusões e aquisições

Identificação de novas oportunidades de M&A, auxiliando em todas as etapas dos processos de vendas ou aquisições de empresas e divisões de negócios.

Planejamento orçamentário

Identificação dos principais determinantes de impacto em cada área de negócio, avaliando cenários de estresse que considerem impactos de curto, médio e longo prazos.

Gestão de riscos de liquidez, crédito e mercado

Endereçamento dos desafios cruciais de uma crise financeira: preservação da liquidez e obtenção de crédito em meio a cenários de estresse.

Benefícios fiscais e alternativas tributárias

Identificação de possíveis benefícios fiscais e alternativas tributárias à luz das legislações do cenário da pandemia de Covid-19.

Plano de contingência

Estruturação de planos de contingência de capital, contendo gatilhos, fontes de recursos e ações para proteger o valor da organização.

Preparação de IPO

Avaliação e implementação dos requerimentos necessários e obrigações regulatórias locais e internacionais para empresas que pretendem abrir capital.

Due diligence

Análise de informações financeiras e operacionais do vendedor para identificar possíveis problemas e oportunidades que possam influenciar o preço da compra e/ou as operações futuras.

Adequação de informações contábeis e DFs

Identificação, mensuração e divulgação dos impactos da Covid-19 nas Demonstrações Financeiras e nas demais comunicações financeiras com o mercado.

Adequação do processo de fechamento contábil

Realização do fechamento contábil e de folha de pagamento online neste momento crítico, permitindo priorizar o negócio principal e a continuidade dos negócios.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Artigo | Covid-19: 5 minute reading series

Nossa 5 minute reading series compartilha pontos de vista sobre a crise de Covid-19 para executivos e profissionais de M&A, com análises do cenário brasileiro de fusões e aquisições, recomendações para planejar iniciativas em ambiente virtual e perspectivas para o pós-crise.

Artigo | M&A e Covid-19: Descobrindo novos horizontes

Nossa 5 minute reading series compartilha pontos de vista sobre a crise de Covid-19 para executivos e profissionais de M&A, com análises do cenário brasileiro de fusões e aquisições, recomendações para planejar iniciativas em ambiente virtual e perspectivas para o pós-crise.

Artigo | Covid-19: Planejamento de negócios e capital para o novo normal

Nossa 5 minute reading series compartilha pontos de vista sobre a crise de Covid-19 para executivos e profissionais de M&A, com análises do cenário brasileiro de fusões e aquisições, recomendações para planejar iniciativas em ambiente virtual e perspectivas para o pós-crise.

Artigo | Empresas de capital fechado e a Covid-19

Os impactos sofridos pelas empresas de capital fechado para acessar os mercados de crédito diante da crise da Covid-19 tem sido dificultoso, ao mesmo tempo que os mercados de capitais buscam apoio e esforços do governo e de bancos centrais para continuar investimentos. 

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Monitore o seu ecossistema de fornecedores e terceiros, avaliando vulnerabilidades e riscos de disrupturas; acione o plano de contingência quando necessário;
  • Mantenha um levantamento atualizado sobre matérias-primas, embalagens, materiais e serviços essenciais necessários para as entregas críticas ao seu negócio;
  • Continue a acompanhar esforços conjuntos com os fornecedores estratégicos, como otimização de cargas, planejamento integrado de produção e gestão colaborativa de capacidades;
  • Revise e adeque a sua cadeia logística e de suprimentos, de acordo com as alterações sofridas pelo modelo de negócio (ex: canais físicos versus e-commerce);
  • Antecipe formas para garantir a flexibilidade operacional, ajustando estoque e demanda com a retomada;
  • Estude quando reiniciar a fabricação e as operações mais amplas, com toda a cadeia de suprimentos, verificando quais empresas ainda são viáveis.

Iniciativas práticas

Otimização da cadeia logística e de suprimentos

Adequação de toda a cadeia de suprimentos para essa nova realidade, com foco nas necessidades mais prementes.

Monitoramento do ecossistema

Implementação de modelos de controles para gestão integrada de terceiros – fornecedores, parceiros e distribuidores.

Busca de incentivos e captura de oportunidades na cadeia de suprimentos

Desenvolvimento de relações simbióticas com os parceiros da cadeia de suprimentos e de outras redes estratégicas.

Acompanhamento do risco logístico e de fornecimento

Rastreio e monitoramento da cadeia de logística e de fornecimento para prever riscos e padrões, permitindo ações proativas para evitar disrupturas.

Busca de alternativas de fornecimento local e internacional

Procura e adoção de benchmark global para que sua empresa possa se adaptar rapidamente a eventuais interrupções sem impactos significativos nos custos operacionais.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Artigo | Covid-19: Organização da recuperação da cadeia de suprimentos

O artigo global da Deloitte explora a responsabilidade dos líderes empresariais na recuperação não só de suas organizações, como também dos ecossistemas de negócios nos quais elas estão inseridas.

Artigo | Covid-19: Um choque no sistema alimentar

A pandemia desafiou diversos aspectos da sociedade moderna e expôs as vulnerabilidades da cadeia de produção de alimentos. O relatório global da Deloitte avalia os impactos do novo coronavírus para os agentes do ecossistema – do produtor ao consumidor – e as medidas que podem ser adotadas para recuperar e sustentar os negócios. O estudo explora cenários potenciais, analisando se a crise poderá acelerar conversas críticas para a reforma do sistema alimentar global.

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Reavalie e adeque o portfólio de produtos/serviços para o cenário pós-crise;
  • Defina novas fontes de receitas e revise sua estratégia comercial;
  • Priorize seus clientes-chave no restabelecimento das atividades, procurando engajá-los em seus esforços para apoiar a recuperação do negócio;
  • Continue a reforçar a lealdade, protegendo e recompensando os clientes e também oferecendo apoio comercial e condições especiais, dentro das possibilidades;
  • Mantenha uma estratégia de comunicação clara e consistente, considerando os clientes e também os funcionários que interagem diretamente com eles, a respeito das medidas adotadas na fase de retomada dos negócios;
  • Entenda quais mudanças causadas pela pandemia no comportamento dos clientes serão permanentes e redesenhe o modelo de negócios para incorporar as adequações necessárias;
  • Reveja os modelos de interação com clientes, com foco na experiência dos consumidores;
  • Revise os canais de atendimento a clientes, combinando meios físicos e digitais.

Iniciativas práticas

Novos modelos de atendimento a clientes pós-crise

Utilização de estratégias orientadas por insights e soluções avançadas de tecnologia para alavancar o crescimento digital das operações de vendas e de atendimento, aprimorando o relacionamento com os clientes.

Estratégia de precificação

Estratégia de preços voltada para capturar o maior valor de cada cliente, com o objetivo de maximizar a lucratividade.

Revisão do portfólio de produtos e serviços

Revisão do mix de produtos, priorização de portfólio ou definição de novos SKUs a serem produzidos neste novo cenário.

Diversificação das fontes de receita e estratégia comercial

Fortalecimento dos mecanismos de venda e interação com clientes, especialmente em um período no qual ainda há restrições à abertura de estabelecimentos comerciais.

Experiência dos clientes no novo cenário

Criação de experiências humanas, focadas em acompanhar as necessidades e expectativas de seus clientes, proporcionando uma vantagem competitiva ao negócio.

Gestão de riscos de crédito para alavancar vendas

Análise de possíveis perdas associadas ao não cumprimento de obrigações contratuais para definir uma nova estratégia comercial.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Covid-19: Uma abordagem humana para recuperar e sustentar os negócios

Enquanto o mundo inteiro dirige esforços para combater o novo coronavírus, organizações de todos os setores precisam manter o foco para atender às necessidades de seus clientes, garantindo segurança, demonstrando empatia e reforçando a confiança em suas relações. Cada empresa precisará endereçar suas reações, com as drásticas mudanças que a pandemia impôs ao nosso cotidiano.

Recomendações gerais para a recuperação dos negócios

  • Identifique quais recursos tecnológicos são necessários para continuar a habilitar equipes que trabalham de modo remoto ou híbrido, analisando como preparar o novo modelo de trabalho do futuro;
  • Mantenha uma estrutura e equipe 24/7 para garantir suporte tecnológico para a continuidade das atividades que permanecerem em trabalho remoto;
  • Atue para prevenir e monitorar tempestivamente eventuais riscos cibernéticos e de sistemas, em um momento no qual a exposição e o tráfego de informações no ambiente virtual continuam a expandir;
  • Identifique como obter vantagem competitiva transformando a sua empresa para o mundo digital, com o uso de ferramentas como RPA, inteligência artificial e analytics;
  • Revisite a infraestrutura de tecnologia para o novo cenário e avalie a adoção de ferramentas que possam impulsionar as atividades e evitar disrupturas (ex.: cloud).

Iniciativas práticas

Estratégias de transformação digital

Adoção de tecnologias como analytics, RPA e inteligência artificial para acelerar a recuperação dos negócios no cenário atual.

Gestão de riscos cibernéticos

Gestão e prevenção a riscos no ambiente cibernético, especialmente neste momento em que sua empresa precisa intensificar o uso de ferramentas tecnológicas.

Revisão de infraestrutura e arquitetura

Adequação da infraestrutura e arquitetura de TI para implementar sistemas e soluções de ponta, incluindo serviços de nuvem, a fim de impulsionar o desempenho de toda a organização.

Tecnologias emergentes para o processo de inovação

Adoção estratégica de tecnologias emergentes, que potencializam a inovação e direcionam toda a empresa para uma recuperação sustentável.

Mais informações

Contate-nos

Conteúdos relacionados

Covid-19: Modelando o futuro com negócios digitais

Os CIOs e líderes de tecnologia digital nunca tiveram um papel tão decisivo para moldar o futuro dos negócios. A pandemia transformou o mundo físico radicalmente e há uma expectativa de que o mundo digital ganhe uma importância sem precedentes, preenchendo as lacunas deixadas pela pandemia. Será que isso é realista?

Webinares "Respostas à crise/ Recuperação da crise"

A Deloitte vem realizando diariamente, desde o início de abril, webinares para apoiar as organizações a reagir diante dos impactos causados pela pandemia da Covid-19 nos negócios. Todos os dias, nossos especialistas e convidados do mercado abordam áreas críticas e ações para apoiar na recuperação dos negócios.

Confira a agenda, selecione os webinares de interesse e inscreva-se

Acesse também as gravações e apresentações dos webinares já realizados

Planeje a volta da sua empresa à normalidade, em um novo contexto

Governança da crise

  • Instaure o planejamento de crise e resiliência como a nova rotina da sua empresa (“business as usual”);
  • Atualize o plano para gestão de crise para refletir as lições aprendidas;
  • Faça frequentemente a avaliação de vulnerabilidades.

Gestão de pessoas

  • Remodele os contratos de trabalho para refletir a nova normalidade;
  • Treine e eduque os profissionais para crise e resiliência;
  • Considere novos modelos de negócios e ecossistemas para o futuro.

Impactos financeiros

  • Mantenha foco nas previsões de cenários de vulnerabilidade e projeções financeiras robustas;
  • Teste o seu novo modelo corporativo e a sua estrutura de capital;
  • Torne a resiliência um fator crucial nas operações e na gestão financeira.

Cadeia de suprimentos e operações

  • Reestruture a cadeia de suprimentos para melhorar a resiliência;
  • Estabeleça mecanismos de controle para prevenção e respostas a riscos;
  • Implemente soluções de Indústria 4.0 e Digital Supply Network (DSN) para ganhar visibilidade de ponta-a-ponta, eficiência, otimização e agilidade.

Clientes e receitas

  • Estabeleça canais abertos de comunicação com clientes;
  • Redesenhe o modelo operacional para fortalecer o engajamento de clientes;
  • Desenvolva planos de contingência para disrupturas financeiras.

Tecnologias e meios digitais

  • Implemente na sua empresa o conceito de futuro do trabalho em modelo virtual, tanto nos processos de negócios quanto nas funções de back-office;
  • Reflita sobre as lições e compartilhe as melhores práticas em gestão de riscos cibernéticos e tecnológicos.

Cenários para recuperação e sustentação

A pandemia da Covid-19 desafia os líderes empresariais a manter seus negócios estáveis durante uma crise sem precedentes, ao mesmo tempo em que precisam se preparar para um futuro novo e incerto. As decisões de negócios tomadas a curto prazo direcionarão a forma como a empresa se sustentará a médio e longo prazo.

Nós preparemos um conteúdo para apoiar nossos clientes a refletir sobre potenciais cenários que podem se efetivar a partir da crise causada pela pandemia da Covid-19 em todo o mundo. Agora é o momento de os líderes agirem com resiliência e assertividade para suavizar os choques que virão e preparar as organizações para as mudanças dos próximos meses.

Mais conteúdos

Conheça nossas seções especiais e acesse recomendações, soluções para desafios de negócios próprios deste período e diversos conteúdos (pontos de vista, artigos, apresentações e webinares) sobre a crise de Covid-19.

 

Você achou útil?