Insights

Observatório da Inclusão Financeira 2014

Com interesse

O tema inclusão financeira em Angola está na ordem do dia por contribuir para o progresso e assinalar uma evolução do sistema financeiro tornando-o cada vez mais acessível e transparente.

A par com o estudo Banca em Análise, o Observatório da Inclusão Financeira vem materializar essa preocupação, através de um conjunto de iniciativas de diálogo e colaboração entre agentes económicos, órgãos reguladores, instituições financeiras e sociedade civil que procuram a: 

• Produção de artigos e relatórios periódicos com informação relativa à evolução do processo de inclusão financeira;

• Análise e divulgação de casos de estudo e benchmark de boas práticas internacionais;

• Organização e promoção de conferências e fóruns de discussão sobre o tema da inclusão financeira;

• Articulação com as instituições financeiras e outras entidades do sector para recolha e sistematização de informação.

Conheça aqui em detalhe o Observatório da Inclusão Financeira e o contributo que pretende ter na sociedade angolana.

Artigo 2: Mobile banking

No lançamento da 9ª edição do estudo Banca em Análise a Deloitte apresenta o artigo 2 do Observatório de Inclusão financeira.

O desenvolvimento deste novo artigo, dá continuidade à iniciativa lançada na 8ª edição do estudo Banca em Análise, onde foram publicados o Manifesto e o artigo 1 do Observatório de Inclusão Financeira.

O artigo 2 deste Observatório centra-se na literacia financeira através da banca móvel, assumindo-se como motor do processo de inclusão financeira. Este artigo procura mostrar quais as tendências, os desafios e as perspectivas futuras da banca móvel a nível mundial, complementando o artigo 1. Com este novo artigo fazemos o acompanhamento da evolução da relação entre os consumidores dos serviços financeiros e as novas tendências seguidas ou implementadas pelas instituições financeiras. 

Caso de Estudo M-Pesa

O Quénia apresenta actualmente uma população de 43 milhões de habitantes, dos quais cerca de 10 milhões têm acesso a conta bancária numa instituição financeira. O lançamento do M-PESA veio alterar de forma estrutural o acesso da população Queniana a serviços financeiros.

Aceda ao comunicado de imprensa.

Did you find this useful?