Pesquisas

Transformação digital como uma vantagem competitiva no downstream 

Consumidores de óleo e gás da próxima geração buscam uma experiência digital

Durante décadas, as empresas de petróleo e gás que operam no segmento de downstream se concentraram em produtos e custos. Contudo as estratégias usadas anteriormente não são mais suficientes para diferenciá-los à medida que os consumidores de óleo e gás buscam por experiências digitais, fazendo com que os fornecedores tenham a tarefa de encontrar novas alternativas.

Uma nova geração de consumidores com conhecimentos em tecnologia e diferentes vivências de compra estão assumindo um papel significativo na tomada de decisões da indústria de óleo e gás. A pesquisa da Deloitte “Tornando a transformação digital no downstream uma vantagem competitiva” apresenta o cenário deste segmento da indústria de O&G e como fornecedores têm buscado soluções e interações simples e que envolvam práticas tecnológicas inovadoras – sendo os modelos e canais tradicionais considerados obsoletos e ineficientes para os consumidores.
Na era da disruptura, ser flexível às necessidades digitais dos consumidores, fornecer canais de contato e interações é uma forma de criar consistência. Muitas empresas do segmento de downstream estão tentando encontrar maneiras de atrair consumidores digitalmente.

• Nativos do digital: muitos consumidores cresceram durante a era digital e esperam fazer negócios on-line ou em aplicativos conforme suas necessidades. Também esperam interagir com as organizações que são digitalmente maduras.

• Estratégias de comunicação: consumidores anseiam pela mesma experiência em todos os canais e dispositivos com os quais interagem. Essa prática aumenta a importância de parceiros e distribuidores de empresas de petróleo e gás que também colaboram em canais de comunicação e conteúdo.

• Jornadas de autoatendimento: Compradores gerenciam suas jornadas de exploração e compra de maneira autônoma através de canais e plataformas que se adequam às suas necessidades.

• Novos players no ecossistema: Startups têm fornecido serviços de valor agregado aos consumidores, permitindo que eles consumam, comprem ou gerenciem consumíveis com mais eficiência.

Como uma empresa do segmento de downstream com foco em logística pode melhorar o envolvimento com o consumidor?

Comprometer-se com a transformação digital requer adotar uma mentalidade digital, lançando novos modelos de negócios orientados a fazer parte das atividades dos consumidores tecnologicamente preparados. Na indústria de óleo e gás a inovação também exige o estabelecimento de uma cultura centrada no cliente para proporcionar uma experiência digital simplificada, contínua e satisfatória.

Você achou útil?

Tópicos relacionados