Article

Covid-19: novos horizontes em M&A

Ao se recuperar da pandemia do novo coronavírus, as empresas precisarão implementar uma ampla variedade de estratégias de crescimento inorgânico para criar e gerar valor duradouro.

Em um mundo pós-Covid-19, o papel das fusões e aquisições será redefinido: uma combinação de estratégias de M&A ofensivas e defensivas surgirão à medida que as empresas se esforçam para defender seus mercados existentes, acelerar a recuperação e se posicionar para prosperar.

A equipe da Deloitte desenvolveu uma análise sobre a importância das fusões e aquisições neste contexto de recuperação das empresas. As implicações de longo alcance da Covid-19 provavelmente resultarão em um "novo normal" em todos os setores, e muitos usarão o M&A para acelerar a transformação. O entendimento das curvas de recuperação ajudará as empresas a decidir a direção de sua estratégia, identificar os novos recursos necessários e priorizar os mercados em que precisam operar para impulsionar o crescimento e a lucratividade.

O ambiente de fusões e aquisições pós-crise será materialmente diferente – um objetivo corporativo que entrelaça sustentabilidade com sucesso comercial e construção de confiança em uma ampla coalizão de partes interessadas será a base dos negócios.
 

Covid-19: novos horizontes em M&A
Você achou útil?