Pesquisas

Fusões e aquisições na indústria de construção

Tendências e desenvolvimento para o setor

Relatório inédito evidencia as principais projeções para os mercados de construção em todo o mundo, com base em fusões e aquisições realizadas ao longo dos últimos anos e nas análises de nossos especialistas.

Durante o período de 2013-2018, a atividade de fusões e aquisições cresceu vertiginosamente nos mercados globais de construção. A América do Norte, Europa e Ásia (principalmente a China) são as regiões com maiores números registrados. Contudo, apesar do crescimento constante, o valor médio dos negócios caiu ligeiramente para US$ 203 milhões em 2018, em comparação com o ano anterior.

Fusões e aquisições na indústria de construção

Tendências globais

Apesar das diferenças características regionais do mercado, duas tendências globais são analisadas:

Foco crescente nos mercados locais: pelo segundo ano consecutivo, a participação de negócios internacionais apresentou queda. Mesmo com um estímulo de condições positivas, nota-se uma tendência de foco crescente em oportunidades nos mercados locais.

Uma análise da atividade internacional de fusões e aquisições mostra que empresas de construção europeias e norte-americanas se destacam como as como as compradoras transregionais mais ativas em 2018.

Procura pela diversificação: a pressão na cadeia de suprimento, principalmente devido ao forte aumento dos custos com construção, é um fator importante para que empresas do ramo busquem foco em regiões globais. Visando melhores margens, a construção civil aposta em estratégias de diversificação.

Você achou útil?