Pesquisas

As PMEs que Mais Crescem no Brasil

Edição 2016

A Deloitte, em parceria com a revista Exame, apresenta a 11ª edição desta pesquisa, que já é referência nacional no mercado das organizações emergentes.

O levantamento "As PMEs que Mais Crescem no Brasil " tem como objetivo apontar as organizações que mais expandiram seus negócios ao longo dos últimos três anos completos (2013, 2014 e 2015) e identificar os principais determinantes para o seu crescimento. 

Como crescer em meio a um momento tão desafiador como o que vivemos recentemente na economia brasileira? Certamente essa não é uma resposta fácil, mas as 100 empresas presentes neste ranking estão aqui pelo mérito de terem conseguido não apenas encontrar caminhos para avançar em meio à turbulência, mas, ainda, pelos resultados positivos registrados de forma consistente em sua trajetória.

O estudo teve seu período de campo entre os meses de junho e julho de 2016, por meio de um questionário disponível no website da Deloitte. Ao total, 250 empresas se inscreveram para participar do estudo e 100 delas foram classificadas para o ranking.

Os critérios para qualificar as organizações foram:

  • Estar em fase operacional, no Brasil, há mais de cinco anos;
  • Possuir receita líquida entre R$ 5 milhões e R$ 450 milhões em 2015;
  • Não estar vinculada a grupo empresarial com receita líquida igual ou superior a R$ 2 bilhões em 2015, independentemente da origem de seu capital.

Por mais um ano consecutivo, predominam no ranking as empresas familiares, com 72% de participação. Entre os setores de atuação, o de Tecnologia da informação (TI) foi o mais representativo, respondendo sozinho por 40% da amostra, o que reflete uma característica histórica desse estudo ao longo dos anos.

Confira os destaques desta edição

Edições anteriores

Acesse aqui o histórico da pesquisa "As PMEs que Mais Crescem no Brasil", realizada em parceria com a Editora Abril desde 2006.

Você achou útil?