Insights

Portuguese Real Estate Investment Survey

Price increase hits profitability

A Deloitte inquiriu os principais agentes do setor imobiliário em Portugal para avaliar a sua perceção relativamente à evolução do mercado nacional, às estratégias de investimento e desinvestimento face à conjuntura atual e futura, e aos entraves ao crescimento. Os resultados são apresentados no estudo Portuguese Real Estate Investment Survey.

Nesta 1ª edição concluímos que o ano de 2017 será de mudança para o setor imobiliário em Portugal quanto ao perfil de investidores. Aos investidores “oportunísticos”, guiados pelo preço baixo, deverão suceder os investidores core, mais seletivos e com maior capacidade de investimento.

As opções estratégicas para 2017 estão repartidas entre o investimento (29%), o desinvestimento (33%) e a gestão de portfólio (38%). Os fundos de fundos e os bancos surgem como os mais prováveis financiadores do investimento em 2018. Relativamente à origem dos financiadores, será maioritariamente europeia e norte-americana.

Aceda aqui ao comunicado de imprensa.

A este propósito, leia a entrevista de Jorge Marrão, partner e Real Estate Leader da Deloitte ao Jornal de Negócios.

Did you find this useful?