Article

Disruptura na reunião do conselho

Estratégias para abordar a transformação digital e engajar o conselho

Por Fabio Pereira

A tecnologia é um imperativo estratégico em quase todas as organizações, independentemente da indústria, do setor ou da geografia. Poucas empresas são imunes à sua influência, sendo uma parte importante da estratégia de negócios atual. Os CIOs têm um papel fundamental no desenvolvimento e na implementação de planos de negócios ativados por tecnologias emergentes.

É fundamental que os membros do conselho compreendam essas mudanças disruptivas no que se refere à tecnologia, orientando a organização a ir além das conversas tradicionais de TI e alavancando as novas ferramentas para expandir os negócios.

No entanto, os CIOs – geralmente os administradores da agenda de tecnologia da organização – raramente aparecem nas reuniões do conselho e, quando isso acontece, costumam achar difícil envolver os diretores em um diálogo estratégico. Este artigo visa ajudar os CIOs a adotarem um posicionamento mais eficaz na agenda da diretoria, educando e conscientizando o conselho sobre as preocupações estratégicas ligadas às novas tecnologias.

Acesse o conteúdo na íntegra

Faça o download do artigo

O poder do diálogo contínuo

Historicamente, as interações da diretoria com temas de tecnologia costumam se concentrar no desempenho operacional ou no risco cibernético. Um estudo global desenvolvido pela Deloitte em 2017 (Bridging the boardroom’s technology gap) constatou que 48% das conversas com os CIOs no conselho administrativo se concentravam em risco cibernético e privacidade, enquanto menos de um terço (32%) tratava da transformação digital habilitada pela tecnologia.

Os líderes da área devem iniciar um esforço contínuo de conscientização tecnológica que, com o tempo, pode ajudá-los a avançar na comunicação e educação dos diretores. A pesquisa apontou que um aumento nas interações entre os CIOs e a diretoria pode levar a uma mistura mais equilibrada de conversas sobre riscos e oportunidades estratégicas.

Outro tema importante que precisa ser incorporado nas discussões do conselho é a alocação dos investimentos. A edição mais recente da pesquisa global CIO Survey, realizada pela Deloitte, constatou que apenas 18% do orçamento em tecnologia é gasto no desenvolvimento de novos recursos de negócios; o restante é direcionado a operações e mudanças incrementais. Por mais que seja tentador continuar investindo em áreas com retorno comprovado, os CIOs devem manter um diálogo contínuo sobre a alocação de investimentos em sua área, tanto o saldo apropriado de investimentos na preservação e crescimento dos negócios quanto o valor da capacidade de inovação habilitada pela tecnologia.
 

Equilibrar defesa e ataque

As interações entre os líderes de uma empresa e os conselhos podem ser
categorizadas como defensivas – focadas em proteger, preservar e aprimorar os
ativos corporativos; ou ofensivas – focadas em maneiras de aumentar o valor do acionista por meio do crescimento e da expansão dos negócios, como desenvolvimento de novos recursos, modelos de negócios e receita. No entanto, as discussões na sala de reuniões tendem a serem desequilibradas, tanto na proteção da empresa quanto no uso da tecnologia para obter crescimento.

Os CIOs podem apoiar a supervisão dos problemas e investimentos na área, mantendo o conselho informado sobre o uso da tecnologia para atingir as metas, proteger os negócios e gerar valor para os acionistas.

Principais recomendações: os conselhos da sala de reuniões

Os ambientes de negócios e a tecnologia em rápida mudança exigem que os conselhos de administração e os CIOs mantenham um diálogo constante.

Por meio de um relacionamento forte, os líderes de tecnologia podem ajudar os conselhos de administração a elevar seus conhecimentos em TI e formar parcerias, supervisionando de perto as iniciativas orientadas pela tecnologia em áreas relacionadas a desempenho, risco e estratégia.

Veja outras dicas para ajudar a inserir o tema nas reuniões dos conselhos:

  • Apresente uma frente unificada em termos de mensagens e conteúdo de tecnologia,
  • Inclua pontuações balanceadas e métricas operacionais consistentes com limites estabelecidos;
  • Não evite investimentos em tecnologia por medo de fracassar;
  • Busque sempre os melhores talentos. A capacidade de atrair e reter profissionais qualificados pode ser vista como uma indicação de suas habilidades de liderança;
  • Entenda a visão do conselho sobre a estratégia de crescimento da empresa;
  • Ofereça oportunidades contínuas de desenvolvimento do conselho com informações sobre tendências e treinamentos que mostrem a aplicação prática de tecnologias disruptivas aos negócios e indústrias;
  • Comunique-se de forma consistente e alcance o equilíbrio entre proteção e crescimento.

Outra recomendação importante é criar uma narrativa usando a abordagem "zoom out, zoom in", que desafia o planejamento estratégico convencional de um a cinco anos e se concentra em duas perspectivas muito diferentes: 10 a 20 anos (zoom out) e seis a 12 meses (zoom in). O horizonte de redução de foco se concentra em tendências poderosas e previsíveis que provavelmente afetarão os negócios e o setor, permitindo que os CIOs envolvam os membros do conselho em oportunidades de longo prazo e na trajetória futura dos negócios. Os líderes de tecnologia e os conselhos podem trabalhar juntos em uma estratégia contínua para equilibrar os objetivos e recursos de negócios em ambas as dimensões.

Embora os líderes de tecnologia e os membros do conselho raramente conversem sobre dimensões, métricas ou limites da tecnologia ou ainda discutam sobre a alocação de investimentos na área em grande parte das empresas, a tendência é que esse cenário mude. Com o mundo em constante transformação digital e o surgimento de tecnologias disruptivas, esse diálogo deve se fortalecer para que a empresa não fique para trás. O melhor aliado de um CIO nesse esforço pode ser uma mente aberta e a vontade de incluir todos os pontos de vista.

* Fabio Pereira é sócio de Consultoria em Tecnologia e líder do CIO Program da Deloitte
 

Prepare-se para liderar a nova grande transformação em sua empresa

Conheça o "Next Generation CIO Academy"! O programa tem por objetivo apoiar os atuais gestores de tecnologia em sua jornada para que, além de líderes operacionais respeitados, sejam reconhecidos como grandes parceiros de negócio.

Durante três dias consecutivos e intensos, os participantes vivenciam uma experiência única, focada no desenvolvimento individual. São expostos às maiores tendências de mercado e orientados por líderes extremamente experientes para que possam corrigir lacunas e aprimorar suas capacidades de liderar e tomar decisões. 

Saiba mais sobre o programa

Você achou útil?